segunda-feira, agosto 27, 2012

de de Por:
Já faz um tempo que tenho pesquisado sobre esse método e estou cada vez mais apaixonada, ele se baseia no " Ensina-me a fazer sozinho." consiste em estimular o bebe a fazer tudo sozinho, a explorar e conhecer o mundo por suas próprias mãos, o método é barato e vale muito a pena, os resultados sao impressionantes... Os bebes ficam mais espertos, eles ficam entretidos por mais tempo, enfim... Eu estou adorando.

Uma das técnicas é adaptar todo o quarto do bebe, tirar o berço, colocar o colchão no chão e colocar as coisas todas na altura do bebe para que ele consiga explorar tudo, conhecer o seu ambiente do seu jeito, uma pequena estante com os livros, um espelho, os brinquedos tudo no baixo, na altura do bebe... Achei muito legal e quero muito fazer o quarto do Pietro assim, agora nao da... Mas logo logo vou fazer, tirar o berço, arrumarmos brinquedos, livros, espelhos... Vai ficar lindo e tenho certeza que vai ajudar ele a ser mais independente e mais esperto.

Vou deixar um texto explicando oq é direitinho esse método, caso vcs gostem!


A educação do Leo é sem duvida a nossa prioridade desde que ele nasceu. Optámos por eu ficar em casa até ele fazer 3 anos, porque só assim faz sentido para nós (e claro porque felizmente podemos ter esta opção). Colocar o Leo num infantário, dar a outros para criar... nunca fez parte dos meus planos.
Mas estar em casa com uma criança um dia inteiro não é fácil e porque para mim ser mãe é mais que ter refeições a horas e roupa lavada, dedico-me a 100% em proporcionar as melhores experiências para o desenvolvimento saudável do meu pequeno.
Optar em ficar com um filho em casa até ele fazer 3 anos acarreta uma responsabilidade que muitos pais não têm noção. Ficar com um filho até aos 3 anos é viver com o nosso filho os 3 anos mais importantes do seu desenvolvimento tanto físico como intelectual. É deixar de ter o foco do tempo para nós para o oferecer ao nosso filho, é proporcionar um pouco de tudo que mundo tem para oferecer, é preparar, ensinar, orientar, dar limites e abrir horizontes... é um ser mãe e professora sem pausas.
Uma vez uma conhecida, que fez também a opção de ficar em casa com o filho, me perguntou como eu conseguia passar um dia inteiro com o Leo sem ter TV. Como eu ocupava o nosso tempo? Como eu fazia os trabalhos domésticos se estava sempre com Leo.
Acreditem que não é fácil, mas o Leo está habituado a ver a mãe a arrumar a casa, a limpar e, ou fica a brincar ou participa nas limpezas - o que leva mais tempo eu deixo para quando o pequeno dorme. O resto do dia fazemos muitas atividades, brincamos juntos, vamos no parque, no jardim zoológico, atirar pedra no rio,encontrar com amiguinhos, lemos livros, inventamos histórias... aqui em casa tem sempre o que fazer.

Falo sobre isto hoje pois quero partilhar com vocês a minha última paixão...
Eu sempre foi muito ativa na educação do Leo e vê-lo passar cada fase do seu desenvolvimento é para mim sentir a cada dia a certeza que eu não podia ser mãe de outra forma.
Hoje estou maravilhada, apaixonada e encantada com esta fase do Leo, com 2 anos ele tem tantos interesses, ele gosta tanto de aprender... e dei-me conta que mesmo não sabendo nada sobremétodo Montessori já a aplicava cá em casa e hoje, mais informada, tenho a certeza que o Leo é a criança que é por eu ter agido desta forma. (falarei nos próximos tempo mais sobre o assunto)

Hoje quero apresentar o nosso espaço e o nosso método ou melhor um pouco do nosso quotidiano... que funciona connosco e faz do Leo uma criança criativa e confiante. E a mamã feliz pelas suas opções.

1. Espaço adaptado: Em todas as divisões da casa existem espaços que pertencem só ao Leo, por exemplo, no quarto temos um móvel de uns 50 cm de altura, com gavetas em plástico onde ele tem os brinquedos, assim ele escolhe sempre com o que quer brincar independentemente da acessibilidade e porque sempre assim foi incentivado, no final do momento dedicado para brincar encarrega-se de arrumar (com a ajuda da mamã por vezes :) ). Os brinquedos que não ficam no armário estão arrumados em caixas de plástico (a caixa dos Legos, por exemplo, tem rodinhas e ele pode levar para onde entender).
Na sala tem uma das prateleiras da  nossa biblioteca com os livros dele e tem agora o seu cantinho de desenho, brincadeira de motricidade-fina, construção de puzzles e tudo mais que a imaginação artística permitir. Tem também a sua plantinha na mesa e a hortinha na varanda.

 (Armários de prateleiras são fantásticos para manter os brinquedos organizados e ao mesmo tempo tê-los sempre acessíveis.)

2. Trabalhos domésticos voluntários:  o Leo adora ajudar a limpar o pó, fazer o almoço, colocar a mesa, arrumar as compras, fica super orgulhoso quando ajuda. E eu deixo claro... por vezes demoramos o dobro do tempo a fazer as coisas mas acho importante para ele e como ele o faz com tanto gosto é maravilhoso de ver. E incentivo para que ele ajude, tendo sempre em conta se a actividade é adequada à sua idade, ele ajuda a cozinhar, por exemplo, mas não usa faca... corta os cogumelos (e legumes de consistência mais mole) com a faquinha dele de plástico :)
Quando tenho que fazer algo em que ele não pode ajudar digo que é coisa de adulto e ele entende muito bem.

3. O Leo está incluído no meu plano diário: É a chave mestra para não ter uma criança sem saber o que fazer. Se eu tenho que arrumar alguma roupa, convido-o a pegar em alguns livros e ir ver para perto de mim. Se tenho que ir no supermercado, desenho algumas compras que preciso num papel (uma espécie de lista de compras com imagens) e o Leo ajuda-me a não esquecer de nada do que precisamos - Amigas esta foi das melhores coisas que já fiz... é um máximo ir às compras, ele não se aborrece e até se diverte a procurar o que queremos.

4. Contacto com a Natureza: Quando faz bom tempo saímos muito de casa, passeamos à beira rio, apanhamos pedras, folhas, ramos, observamos esquilos, pássaros, lesmas (grrrr... o Leo acha-as amorosas). Passeamos no Zoo que fica a uns 15 minutos a pé de nossa casa :). Quando o tempo não sorri... ou ficamos por casa ou vamos ao Zoo ver o aquário ou outros animais que não estão ao ar livre. O Leo adora este contacto com a natureza e quer saber o nome de tudo.

5. Brincadeiras motricidade-fina e concentração: dedicamos sempre um pouco de tempo do nosso dia para brincar com algo mais calminho, construção de um puzzle, joguinhos Montessorianos (um dia destes eu os apresento aqui no blogue), contamos histórias um ao outro :).

6. Música e dança: Cantamos muito e dançamos tanto musica alemã como portuguesa. No entanto, quero alargar o seu contacto com instrumentos musicais que ainda é muito pobre.

7. Momentos de desordem: Existem também momentos em que é permitido sair da casca, saltar, espalhar carrinhos pelo corredor... estes momentos também fazem parte e também ajudam muito a libertar energias... e esta criança têm muita energia para libertar e a mamã acaba entrando na onda.

8. Contactos sociais: Até ao 1º ano de vida não acho que o contacto com outras crianças seja essencial. O bebé gosta de, uma vez por outra, ver outras crianças mas sinto que não existe necessidade de um contacto regular. Mas hoje sim o Leo tem os seus amigos, tem as tardes em que passamos com eles, nos parques, em casa deles ou na nossa como o tempo ditar :) e a escolinha dele naquelas 2 horas 3 vezes por semana ele brinca com outras crianças sem a presença da mamã.

9. Refeições e hora de dormir: Sou mãe de rituais. Refeições têm os seu horários relativamente estabelecidos, são feitas sempre à mesa, começam na sopa e terminam na sobremesa. O Leo não tem que comer tudo mas tem que comer um pouco de cada coisa (a sopa ele come sempre porque adora,o prato principal por vezes não o termina, mas come bem... para dizer a verdade quanto a comida não tenho problemas o Leo adora comer).
A hora de dormir foi desde sempre preparada de forma tão agradável, que hoje em dia é o Leo que pede, depois de almoço e à noite, para ir fazer soninho. Tem fases que tem dificuldade em adormecer mas estando eu ao pé dele não chora, fica sossegado, pede a mãozinha e espera que o sono chegue. Antes de dormir à noite lemos sempre uma história para ele, ritual que fazemos desde que ele era bem pequeno. :)

Como podem ver o nosso quotidiano baseia-se em viver cada dia explorando todas as capacidades cognitivas e emocionais do Leo, seguimos a máxima: "Mamã ajuda-me a fazer sozinho" e assim somos felizes.
E claro que há dias dificeis, dias de birra do filho, dias de cansaço da mãe mas quem não os tem??!! O que interessa é o sumo dos nossos dias, e esse é muito positivo e estou feliz por ser a mãe-professora sem pausas de uma criança que adora aprender coisas novas e a cada dia me impressiona mais com as suas capacidades.

Muito contrariamente ao que eu pensava, antes de ser mãe, que criança pequena incentivada pelos pais a aprender, sabe muita coisa mas está a perder a essência de ser criança. Hoje penso que criança pequena tem sim de ser incentivada pelos pais a aprender, quando e somente a aprendizagem for um momento divertido, quando aprender se possa fazer a brincar e aí sim podemos incentivar os pequenos eles adoram alargar os seus conhecimentos. E porque não aproveitar esta fantástica e invejável capacidade de aprenderem e esta vontade de saber mais? O Leo diverte-se imenso, é mais confiante e independente disso tenho certeza e para mim é isso que interessa. :)

O método Montessori propõe-se a desenvolver a totalidade da personalidade da criança e não somente suas capacidades intelectuais. Preocupa-se também com as capacidades de iniciativa, de deliberação e de escolhas independentes e com os componentes emocionais. - E eu mesmo antes de conhecer o método já o achava adequado ao Leo e a mim.

texto tirado daqui .

E aí gostaram?

Agora olhem as fotos que eu achei via google:

Lindo e simples
para meninos
para meninas


Adoreeei!
=))
Comentários
2 Comentários

2 comentários:

  1. Q lindo seu Pietro! Eu quero fazer este tipo de quarto na minha casa própria no ano que vem. é o auge do momento! Espero vc lá no meu blog. Já estou te seguindo. um beijo!

    ResponderExcluir
  2. Saah, linda postagem! Sou uma das moderadoras do grupo do Facebook "Montessori para Mamães". Atualmente somos 2.000 membros, pais e educadores montessorianos trocando dicas e experiências online! Participe tb!
    https://www.facebook.com/groups/131727546931915/

    ResponderExcluir