terça-feira, setembro 10, 2013

de de Por:
Oooooi meninas!
Espero que estejam gostando da nossa série sobre a IA.
Hoje teremos a segunda parte dessa série, depois de falarmos sobre a importância do leite materno nos primeiros seis meses de vida do bebê. Chegou a hora da comidaaaaa....

Opa! Comida não, ainda não!

Normalmente quando se inicia a introdução de alimentos o pediatra recomenda começar pelas frutas, na verdade eu não sei se isso interfere muito, mas, tambem fiz assim. Nós começamos com as frutas, e ficamos assim por pelo menos um mês.

É importante oferecer uma fruta por vez para que a criança sinta o sabor da fruta, e se acostume aos poucos com essa nova etapa. No inicio ofereça apenas uma vez ao dia, próximo a hora do almoço e bem aos poucos, no resto do dia continue com o leite materno.
É importante dizer que nessa fase a mãe precisa ter muita, .MUITA paciência na hora de oferecer a fruta ao bebê, porque é muito comum que o bebê rejeite as primeiras vezes, que vire a cabecinha, ou tranque a boca, isso é absolutamente normal, e a mãe não precisa se desesperar. Vale lembrar que esse é um período de adaptação e que tem que ter muita calma e sem pressão, é uma alimentação complementar, onde o principal alimento é o leite e assim será até o bebê completar seu primeiro ano, então não precisa de afobação e achando que o bebê está passando fome e não vai comer nunca (experiência própria, aqui vos fala uma desesperada, Hehe) , é uma adaptação, uma fase e aos poucos o bebê vai se acostumando a descobrir novos sabores, vai se acostumando com as texturas diferentes e vai aprendendo a mastigar.
E essa é uma parte muito importante, onde cada mãe tem que observar seu filho e entender sua capacidade sobre a mastigação. No início o mais recomendado é oferecer a fruta raspada, ou amassada no garfo, peneira... Sem pedaços! E, aos poucos conforme forem nascendo dentes, e o bebê for aceitando melhor os alimentos a mãe vai deixando com alguns pedaços, pequenos pedaços e sempre observando muito bem caso o bebê engasgue.
Após mais ou menos 20 dias ( converse com seu pediatra) aproximadamente, você pode começar a oferecer a fruta duas vezes ao dia.
É importante variar as frutas, pois cada uma contém um nutriente diferente e assim fica mais completa as necessidades do bebê.
Existem algumas frutas que não é recomendado dar antes do primeiro ano por serem altamente alergenicas como por exemplo o morango. As mais comuns nesse período de adaptação são banana, maçã, mamão e pêra. E aos poucos novas frutas são introduzidas na dieta, conforme seu pediatra ou nutricionista indicarem.
Deixe a criança pegar na fruta, sentir a textura com as mãos, apertar e poder conhecer o novo alimento, assim ela demonstra mais interesse na comida, e pode fazer o período de adaptação mais fácil.
Digo novamente que pode não ser fácil esse começo e a paciencia da mãe é fundamental, ofereça todos os dias as frutas e não force a criança a comer, a hora da comida tem que ser uma hora feliz e agradável para o bebê, aos poucos ele vai se acostumando e vai aceitando melhor.
Faça o acompanhamento com o pediatra e converse com ele sobre suas duvidas.


-----------------------------

No próximo post eu vou falar um pouco sobre a introdução dos legumes e a mudança da consistência.

Espero que estejam gostando, qualquer coisa comenta aqui embaixo.
Beeeeeeijos!
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário