quinta-feira, maio 01, 2014

de de Por:

Algumas leitoras estão pedindo ajuda para desmamar seus filhotes, cada uma com seu motivo, mas todas com um objetivo só, de um desmame sem choro e sofrimento para nenhum dos lados
 Hoje trarei algumas dicas que pode ajudar nessa fase. Vale lembrar que cada criança tem sua personalidade, suas necessidades e suas vontades, então não tem como garantir o desmame, minha intenção é somente ajudar a passar por esse processo sem traumas.

Vocês já sabem que aqui o Pietro (2anos e 4meses) ainda mama, não acho que ele esteja preparado para o desmame ainda, e eu também não estou, por mais que canse, estresse, etc.. sei que estou fazendo o que posso, o meu melhor e que é uma fase, ele não vai mamar pra sempre, então essa é a primeira dica pra vocês:

1- Tenha calma, isso é uma fase, que pode durar muitos anos, mas passará. Não conheço ninguém que tenha mamado até adolescente, não importa o tempo, um dia passa eles crescem e certamente sentiremos saudades dessa época em que eles dependiam tanto de nós para seu alimento, aconchego, segurança e demonstração pura e unicamente materna de AMOR.

2- Perceba a necessidade do seu filho do peito na hora em que ele quiser mamar, por exemplo: Se ele pediu pra mamar porque está carente, tente abraça-lo, beija-lo, fazer carinho, ou brincar, para que ele se distraia e esqueça o peito, porque você estará suprindo a necessidade dele de outra forma, sem fazer com que ele se sinta desamparado.

3- Procure espaçar as mamadas, leve-o para passear na rua, se ele quiser um lanchinho dê uma fruta, coloque uma música e dance com ele, distraia-o para que ele não tenha tempo de lembrar do peito, até que ele só peça na hora de dormir, ou de tirar uma soneca.

4- Converse com ele. Nada como um diálogo aberto com sua cria, se ele já for grandinho como meu Pietro, certamente ele entenderá. Diga que você está cansada, que seu peito está doendo e que precisa de um tempo pra descansar, fale que ele (a) já está grandinho e que existem outras maneiras para vocês ficarem juntinhos. Pouco a pouco vá conversando e explicando que você precisa disso, até ele entender, e sempre distraia-o.

5- Não deixe-o dormir em seu peito, se ele já tem esse costume vá tirando AOS POUCOS, para que ele não sinta mais necessidade do peito na hora de dormir, para que perca a dependência de mamar a noite.
Quando for coloca-lo para dormir, dê o peito e antes que ele adormeça, tire o peito da boca dele, e feche a boquinha com seus dedos, e dê uma leve pressionada no queixinho dele, se ele pedir o peito novamente, dê o peito à ele, e repita esse processo quantas vezes forem necessárias até que ele durma. Isso pode demorar muito, lembre-se que já é um hábito de toda uma vida dormir mamando então ele não cederá assim fácil, vc terá de ser paciente e muito amorosa, porque se você se estressar, ele sentia seu estresse e ficará agitado, aí todo seu trabalho terá sido em vão e você terá de começar tuuuuudo de novo.


Selecionei essas cinco dicas para o começo de um desmame sem traumas, nem pra você nem para seu bebê, eu espero de verdade que ajude de alguma forma e lembre-se JAMAIS deixe seu bebê chorando pelo peito, isso só piora a situação, a distração normalmente é o melhor remédio.

Mantenha o contato comigo, me mande um e-mail ou comente aqui embaixo se tem funcionado, que eu quero saber. Respondo todas!

Grande beijos, leitoras lindas!!!
<3

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário